Sunday, May 19, 2013

Nova rúbrica

Já há algum tempo que quero fazer isto. Sou viciada em programas de comida - No Reservations do Anthony Bourdain e Masterchef Australia são os meus amores, e por isso sempre quis fazer reviews e criticas requintadas dos sítios onde vou comer. Maior parte das vezes não o faço porque não levo máquina fotográfica, ou as fotos pelo telemóvel ficam uma merda ou simplesmente esqueço-me sequer de registar o que quer que seja.

Daqui a uns anos adoraria ter um blog decente só de critica culinária e reviews de restaurantes ( e de ser paga para viajar e comer em restaurantes e dar-lhes notas, mas isso já é outra conversa).

Pronto! Hoje é o dia!
[Cláudia Bourdain mode on]

Review Green Room - Lagos :



Apesar de se afirmarem como sendo um restaurante mexicano (mas com gerência neo-zelandesa wtf?), no menu, de mexicano só têm umas quatro coisas.
Fui lá esta semana com a Nancy (podem ler o que ela achou aqui ) e, apesar de tudo, voltaria por curiosidade de provar mais coisas.

Se forem fãs de surf e tiverem a mentalidade peace&love é o lugar ideal para vocês porque é mesmo esse o ambiente. Calhamos ir numa noite de Cinema de Surf, coisa que eu nem sabia que existia, e vimos várias pessoa de chinelos e calções (e olhem que estava um frio terrível naquela noite) embasbacadas a olharem para a televisão onde se via Jack Johnsons e companhia a enfrentarem ondas enormes. Não sou grande apreciadora de surf, diga-se de passagem.

À pala da noite de cinema o restaurante estava todo escuro, o que nos dificultou nas fotografias, mas lá nos sentamos, desenquadradas dos restantes clientes e lemos o menu. Portanto haviam quatro coisas, que me lembre, mexicanas: Nachos, Burritos, Quesadillas e Guacamole. Era o que tínhamos para escolher no pequeno menu. Mais tarde quando fui ao Facebook do dito cujo encontrei isto:


Na extrema escuridão não vi tal coisa senão teria provado os Fish Tacos (se ainda existir!).

Pedi um burrito, a Nancy quesadillas e molho guacamole para acompanhar.

As quesadillas que a foto do burrito está desfocada! 
O burrito foi uma desilusão. Estava à espera da ultimate hangover food um pouco picante, com carne sumarenta e feijões tenrinhos mas afinal o que recebi foi um wrap gigante de arroz empapado, feijão a montes, carne escassa e outras coisas que não consegui decifrar o que eram. Tentei pôr o molho picante, e juro que pus uma coisa mínima de molho, mas a explosão que senti na boca não foi nada mínima e decidi também comer sem o molho.

Já as quesadillas da Nancy foram uma feliz surpresa. Apesar de a massa estar um pouco queimada (e por vezes sabia a queimado) era crocante e desenjoativa. A porção de feijão, milho, pimento e carne estava bem distribuída e não em demasia. Teriam um verdadeiro sabor mexicano? Não sei porque nunca tinha provado nada mexicano (além de nachos) mas não me admirava de no México, depois de noitadas, comerem isto numa qualquer barraquinha na rua tal como nós comemos os cachorros ou os pães-com-chouriço.

Arrependi-me de não ter comido os nachos porque dizem que lá são muito bons. Não me arrependi de ir ao restaurante. Os mojitos eram bons e doces.

Voltarei lá? Provavelmente pelas quesadillas e nachos mas espero que não os queimem e também espero que o serviço seja mais rápido - recebemos uns shots grátis à pála do serviço lento.

No total...de zero a dez:

Comida - 5/10 (graças aquele burrito do demónio)
Serviço - 5/10  - a rapariga era simpática mas não falava muito português. Acho um piadão estarmos em Portugal  e, pelo menos em Lagos, metade das pessoas que trabalham em bares e alguma restauração não falam português. Além de que foi tudo muito lento e nem estava muito cheio.
Ambiente - 7/10 - não sou grande apreciadora de surf mas é um ambiente descontraído e pelo menos não tivemos de ver nem ouvir futebol.

Total - 6/10 


E vocês?  Já comeram comida mexicana? Qual o melhor restaurante em Portugal disso (de preferência em Lisboa)?


Nota - se lá forem levem um kompensan ou renie que vão ficar certamente  a arrotar durante horas a pimento e feijão.



3 comments:

  1. De facto, esperava mais variedade no menu: chili com carne, fajitas, tortilha, Tacos, arroz de lima...
    E a decoração do sítio bem que podia ter outra apresentação, coisas mais típicas, tradicionais, bonecos do Dia dos Muertos, Frida Kahlo, sombreros, coisas em barro, por aí... Mas qual quê. Era Billabong overdose que só visto.

    O guacamole foi uma feliz descoberta! A repetir. Tirando o facto de vir numa merdice em alumínio.

    O burrito parecia ração mal espalhada. O molho picante... foi um incêndio no esófago.

    Devíamos ter bebido tequila, tendo em conta que Mojito é tipicamente cubano e não mexicano, bom mas tu lá bebeste, em shot coca-colado, mas bebeste!

    Não achei muito barato... Eu sei que é muito, mas a qualidade não é nada de extraordinário. E comer quase às escuras, quando já se é míope... Saúde.

    ReplyDelete
  2. Adoro comida mexicana, mas só a comi em casa, feita por mim - fora a minha 1º experiência, em 1994 num restaurante que houve na Pensão Americana em S. Martinho do POrto, onde me esbaldei um Verão inteiro a comer comida mexicana. Foi a loucura, era mesmo muito bom!!!

    ReplyDelete
  3. Há outro restaurante mexicano em Lagos e que tem mais aspecto disso, nem que seja por ter um flyer mariachi à porta. Fica no espaço do outrora restaurante indiano da nossa avenida principal a caminho da praia do pinhão, no lado oposto dos bombeiros. Ainda não fui lá, portanto aventurem-se.

    Um que é bom e conheço de várias idas é o "Taco e Tequilla" em FARO. É altamente recomendável, quer pela comida como pela bebida (maravilhosas margueritas). Tem um menu vasto que agrada a "carnívoros" e vegetarianos, com níveis de picante a escolher pelo cliente. Se forem lá às 6ªs e sábados tem um mariachi a tocar guitarradas mexicanas. Cuidado com os pedidos ou fica um pouco caro.

    Ah, e já comi comida mexicana no México mas isso não conta. ahahaha :p

    ReplyDelete